Notícias

< voltar
03/Jan/2017 - 10:37 - Atualizado em 03/Jan/2017 - 12:01

Bairro de Uberlândia ganha protótipo de cidade inteligente

Iniciativa da Algar Telecom busca sensibilizar gestores públicos para a inovação nos municípios


Por Redação

Uma parceria com a Algar Telecom vai transformar Uberlândia, no Triângulo Mineiro, em um protótipo de cidade inteligente. O projeto prevê soluções digitais para as áreas de transporte, comunicação, limpeza pública e urbanização.

O projeto será implantado inicialmente no Bairro Granja Marileusa, que serve de modelo urbanístico para a cidade e abrigava a antiga fazenda do Grupo Algar. Além da Algar Telecom, fazem parte do projeto a PromonLogicalis, Nokia, C.E.S.A.R e a Universidade Federal de Uberlândia.

“A ideia do nosso protótipo é montar vários ecossistemas e oferecer novos serviços que contribuam com a população. Queremos fazer mais pela cidade, com menos recursos e dispositivos mais modernos”, explica Jean Borges, presidente da Algar Telecom.

Confira algumas das ações:

Bueiros inteligentes

Inédito em todo o mundo, o sistema terá bueiros instalados com um filtro que mede e envia dados sobre a quantidade de volume retido no local. As informações poderão ser cruzadas com a previsão do tempo, por exemplo, alertando para a necessidade de manutenção e evitando alagamentos.

Balões de conectividade

Inspirado em um projeto do Google, a ideia é levar internet a locais de difícil acesso e que a tecnologia ainda não existe. Para isso o projeto prevê o uso de balões para que vão distribuir conexão pela região.

Easybus

Um dos principais pontos do projeto, o Easybus vai apresentar aos usuários de transporte público a lotação e o fluxo de passageiros de cada linha, em tempo real. Tais informações servirão para balancear o serviço de transporte ao verificar quais linhas estão mais cheias e quais mais vazias.

My ID

O sistema permite identificar pessoas por meio de smartphones, wearables e tags. A identificação será utilizada também para pagamento de compras e acesso à locais como edifícios comerciais, hospitais e outros.

Smart lixeiras

As lixeiras da cidade serão equipadas com sensores que medirão o volume de lixo descartado e o espaço disponível, otimizando a coleta. Além disso, o cidadão que jogar o lixo corretamente adquire pontos que podem ser trocados por prêmios, assim como ocorre em sistemas de milhagem de cartões de crédito.

#inovação#tecnologia#SmartCityFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.