Notícias

< voltar
27/Fev/2018 - 08:08 - Atualizado em 23/Abr/2018 - 15:02

BioStartup Lab apresenta selecionados para 5ª rodada de pré-aceleração

23 projetos da área de ciências da vida vão passar por 10 semanas de atividades


Por Redação
Participantes vão passar por 10 semanas de pré-aceleração
Crédito: Renato Carvalho/SIMI

As 23 equipes participantes da quinta rodada mineira do BioStartup Lab, programa de pré-aceleração de negócios nas áreas de ciências da vida, foram apresentadas nessa segunda-feira, 26 de fevereiro. Membros dos projetos estiveram no coworking do programa para dar início as atividades. Serão 10 semanas de atividades, como palestras, workshops, mentorias, entre outros.

Todo o programa será realizado no espaço de coworking do BioStartup Lab, em Belo Horizonte, disponibilizado para as equipes participantes durante a pré-aceleração. O objetivo do programa é aproximar a universidade do mercado, incentivando principalmente a aplicação prática de pesquisas acadêmicas.

Confira a relação das escolhidas:

SAÚDE HUMANA

► ValleTech Biotecnologia

Oferecer inicialmente o serviço de treinamento e venda de BioChips para mimetizar microambientes celulares para que possam ser realizados testes com alta eficiência e monitoramento em tempo real.

► 3DBS

Um tecnologia capaz de solucionar problemas nos campos da medicina regenerativa e de modelos in vitro para testes fármaco-químicos. A bioimpressão 3D produz estruturas tridimensionais vivas, entre tecidos e órgãos, para no futuro próximo solucionar os problemas das grandes filas de transplantes de órgãos, de bancos de tecidos e no campo das indústrias cosmética e farmacológica.

► BuddyCare

BuddyCare é um app com inteligência artificial que alerta quando uma pessoa em quadro de vulnerabilidade psicológica/psiquiátrica está próxima de executar um suicídio, ou causar danos a outras pessoas.

► Early detection Viral infection diseases

Diagnóstico rápido para doenças infecciosas, visando ter o tempo de diagnóstico reduzido. De fácil execução, com benefícios para paciente, comunidade, profissionais de área de saúde.

► Hakings Lab

Síntese de hidroxiapatita a partir de casca de ovos para enxerto ósseo.

► LASSBio D2

O produto é uma coleção de compostos bioativos descobertos e desenvolvidos em laboratório oferecidos em forma de banco de dados, na qual as empresas interessadas teriam acesso para fazer tanto triagem virtual (e.g. docking) ou farmacológica (e.g. HTS).

► Laticínios AMMI

Propõe a formulação de um derivado lácteo tipo Queijo Petit Suisse sem lactose, enriquecido com fibras solúveis e insolúveis provenientes do Yacon e da Farinha da Casca de Arroz.

► Pauher

Sensor de mama que visa aprimorar o sistema convencional de exames de mama. O equipamento é inovador devido à utilização de um dispositivo que não emprega compressão e radioterapia (sistema convencional) para exames de rotina. A vantagem para o paciente é a rapidez e o conforto do exame e, para o médico, a facilidade e a segurança do diagnóstico, bem como o compartilhamento e armazenamento do exame via digital, inclusive para relatórios de acompanhamentos futuros.

► Xdengue

Uma plataforma baseada em jogos como ferramenta complementar para ações de prevenção e controle do Aedes, baseadas na educação sócio-ambiental e em saúde e na promoção de mudanças comportamentais. É integrada a um sistema gamificado de contribuições voluntárias para apoiar a vigilância entomológica através do mapeamento de focos do vetor e da divulgação de ações institucionais.

DIGITAL HEALTH

► #Partiudoarsangue

Uma plataforma de captação de doadores de sangue, que conecta o doador, o paciente e o banco de sangue. No nosso site ou no app quem precisa de doação (seja o paciente ou o banco de sangue) pode fazer um pedido de doação no sistema, que automaticamente notifica os doadores cadastrados, de acordo com a região do pedido, para que possam doar.

► Âmbar Previna

É uma plataforma voltada para o controle da saúde da mulher. Modelo de negócio autossustentável, em que cada segmento de cliente terá um papel chave na ativação do outro. Objetivo do projeto é formar uma rede gamificada, em que toda nova usuária e profissionais de saúde serão incentivados a convidar outras mulheres para a realização do preventivo através do envio de uma carta personalizada pela plataforma.

► Bioinfo Solutions

A Bioinfo Solutions atenderá o mercado oferecendo serviços customizados de bioinformática, desde a análise de dados gerados a partir de sequenciamentos de nova geração (NGS), a consultorias e planejamento experimental, priorizando a melhor estratégia para maximizar os resultados a serem obtidos.

► Observatório do Autista®

O Observatório do Autista® é uma plataforma de vigilância epidemiológica baseada em mineração de dados sociais acerca do Transtorno do Espectro Autista. Além de minerar dados nas redes através de bots, utiliza um aplicativo para celular que permite a contratação de terapeutas, a criação-compartilhamento-execução online de programas personalizados de intervenção, além da supervisão à distância do tratamento pelo app.

► Medbit

Iniciar o acolhimento e a captação de informações relevantes para o diagnóstico antes mesmo do paciente estar fisicamente de frente ao médico. Uma inteligência artificial que por meio de fluxogramas vai abordar cada paciente de forma individual, fazendo as perguntas certas frente as individualidades de cada pessoa. Toda essa informação obtida no pré-atendimento será transmitida em tempo real via web ao profissional médico antes que este chame o paciente para a consulta em si.

► Mentalmap

O Mentalmap oferece uma maneira muito eficaz de acesso ao atendimento psicológico de qualidade, através de recursos tecnológicos de comunicação à distância, proporcionando conforto, sigilo, segurança e acessibilidade. O cliente não precisa se locomover até um consultório, oferecendo horários mais flexíveis e preço acessível.

AGRONEGÓCIOS/ SAÚDE ANIMAL

► AquaHealth

Soluções tecnológicas para os ambientes aquáticos. Realiza o monitoramento inteligente da qualidade da água. A startup entrega aos clientes uma plataforma que detecta os níveis críticos da qualidade do ambiente de cultivo dos peixes e camarões e envia alertas em situações de risco para os fazendeiros, por meio de um aplicativo no seu celular, indicando a melhor resolução dos problemas.

► BioTnet

O BIoT é um equipamento e webservice de medição de gases. Com ele é possível medir uma série de componentes, por exemplo do ar atmosférico, na indústria e no meio ambiente, para medir poluentes, taxa de umidade, queima de cana de açúcar, salubridade do ar, em mineração e em uma série de outros ambientes.

► Muh!

Automatização do processo de coleta de dados de qualidade do leite ainda no tanque da propriedade rural, com o uso de um sensor que coleta dados em tempo real de temperatura, volume e acidez do leite no tanque de resfriamento das fazendas produtoras.

► Farmin4Milk

Um monitor eletrônico, dispositivo vestível para vacas de leite, cuja função principal é monitorar automaticamente os parâmetros biomédicos do animal durante as 24 hrs do dia. Identificar e alertar o produtor e/ou seu técnico de confiança o melhor momento para inseminação e sobre comportamentos anormais dos animais do rebanho para identificação de doenças.

► Microagrohealth

O produto é um curativo a base biofilme microbiano, degradável, que logo reduz os resíduos, ajudando a cicatrização rápida, sem a necessidade de trocas constantes de curativos.

► VetPix

Empresa voltada para a criação de um microscópio digital e automatização de exames por análise de lâmina por meio de visão computacional e visão de máquina.

MEIO AMBIENTE

► EcoPonto

Transformar a mentalidade de empresas e pessoas com relação ao lixo, vendo-o como ativo e como um bem de troca por benefícios e não como material indesejado e que deve ser descartado de qualquer forma. Portanto, serão gerados benefícios como descontos para pessoas físicas e aumento de vendas para empresas ao criarmos um fluxo de pessoas deixando seus resíduos nos nossos pontos de coleta.

Mycorena Brazil

Desenvolver bioprocessos sustentáveis utilizando fungos filamentosos para o tratamento de resíduos industriais, promovendo uma economia circular. O projeto foi originalmente desenvolvido na Suécia para aplicação no processamento da cana-de-açúcar em etanol e tratamento da vinhaça. Propõe a conversão do resíduo em um novo produto de valor.

Confira a galera do evento de abertura:

#startups#negócios#aceleração#BSL#bio#arqueologiaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.