Notícias

< voltar
25/Set/2017 - 08:00 - Atualizado em 25/Set/2017 - 12:12

CEO de startup mineira é único latino em reunião global do LinkedIn

O CEO e cofundador da startup Hotmart, João Pedro Resende, vai representar o Brasil na 7ª edição do ‘LinkedIn Talent Connect’


Por Redação
Crédito: Hotmart/Divulgação

Minas Gerais está se tornando, cada vez mais, um celeiro de talentos quando o assunto é empreendedorismo digital. Prova disso é que, pela primeira vez, desde 2010, um mineiro, o CEO da Hotmart, João Pedro Resende, representará a América Latina no LinkedIn Talent Connect, nos Estado Unidos, no início de outubro.

Realizado pelo LinkedIn, a maior rede profissional do mundo, o encontro vai reunir os principais líderes de negócios e atração de talentos do mundo, para compartilhar suas histórias, estratégias e debater tendências.

Durante sua apresentação, João Pedro vai abordar as principais tendências da gestão de pessoas e como desenvolver um ecossistema de startups que estimule a inovação em uma economia emergente.

Para ele, encontrar e manter as pessoas certas é um grande desafio para qualquer empresa. “Minha premissa é bastante simples: os clientes nunca vão amar a empresa, se a equipe não amá-la antes”, afirma.

Entre os participantes do evento, estão nomes como Jeff Weiner (LinkedIn), Sarah Wagener (Pandora), Alfonso Auñón García (Heineken), Sean Kelley (Amazon) e Dawn Klinghoffer (Microsoft).

Criada em 2011, em Belo Horizonte, a Hotmart é uma plataforma especializada em soluções para quem cria, vende e distribui produtos digitais. Atualmente, a plataforma já realiza negócios em países como, Espanha, Holanda e Colômbia. Nos últimos sete meses, a startup contratou 88 pessoas, chegando aos atuais 250 funcionários, e ainda há mais de 10 vagas abertas.

Leia também: 

Empresa mineira é a única brasileira entre as 10 melhores Company Pages do mundo no LinkedIn

 

#startup#hotmart#linkedin#joãopedroresendeFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.