Notícias

< voltar
07/Nov/2018 - 16:21 - Atualizado em 12/Nov/2018 - 16:49

Como trabalhar educação empreendedora com crianças e adolescentes

Jeremias Rodrigues, professor de empreendedorismo, falou sobre métodos que podem despertar o interesse dos alunos durante o Finit Festival


Por Paula Isis/SIMI Paula Isis/SIMI

 

Crédito: Paula Isis/SIMI

Alunos e professores se reuniram em frente ao palco Entrepeneurship, da Campus Party, no Finit Festival, em Belo Horizonte, para acompanhar a palestra "Empreendedorismo nas categorias de base: educação empreendedora para crianças e adolescentes".

O palestrante? Jeremias Rodrigues, administrador, musicista e professor de empreendedorismo. Diante de uma turma de ensino médio, o professor percebeu que existem dois problemas no ensino do empreendedorismo: um é que ele deveria ser trabalhado desde o ensino básico e outro é que o professor que fica preso ao conteúdo dos livros não consegue prender a atenção da nova geração.

Durante sua apresentação, Jeremias trouxe um dado preocupante que é relacionado, segundo ele, à deficiência no ensino da educação empreendedora em nosso país: 50% das empresas fecham com menos de dois anos. Mas como este dado poderia ser mudado? “Infelizmente, só ouvimos falar em empreendedorismo quando chegamos à universidade. É preciso introduzir a cultura empreendedora desde a educação básica”, aponta.

De acordo com ele, este cenário tem sofrido mudanças em algumas escolas da rede particular e, também, na rede pública. O Governo de Minas Gerais, por exemplo, tem um programa de empreendedorismo aplicado em sua escolas, o Meu Primeiro Negócio. “Jogador de futebol começa a se preparar desde criança. Vocês concordam que para um jovem montar uma empresa e ter sucesso seria mais fácil se a cultura empreendedora fosse trabalhada desde a infância?”, ponderou.

Crédito: Paula Isis/SIMI

Mas ele fez uma ressalva sobre como o empreendedorismo tem sido trabalhado. Para Jeremias, é preciso ir além de ensinar um jovem a criar um CNPJ. “Isso eles encontram na internet. Precisamos despertar a criatividade, ensiná-los a solucionar problemas e outros desafios que fazem parte do dia a dia da empresa”, aponta.

Confira abaixo quatro dicas de como trabalhar empreendedorismo em sala de aula

*Proponha que os alunos tragam conteúdos. (Site, jornais e textos).

*Utilize slides com gifs, vídeos, animações etc. Texto scaneado do livro não é interessante e é bastante cansativo.

*Use séries e filmes que abordam as temáticas da matéria. Proponha discussão sobre elas.

*Faça dinâmicas que incentivem a criatividade, como a dinâmica do Mashmellow.

Confira fotos do evento:

#empreendedorismo#campusparty#educaçãoempreendedora#FINITFestivalFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.