Notícias

< voltar
18/Abr/2016 - 14:01

Conheça os nove finalistas da fase brasileira da Imagine Cup

Dia 28 de abril, as nove equipes disputam, em Belo Horizonte, uma vaga para representar o Brasil na final mundial da copa de tecnologia


Por Da redação


Equipe eFITFashion, campeã da Imagine Cup 2015

Já estão em Belo Horizonte as nove equipes finalistas da fase brasileira da Imagine Cup, a maior copa de tecnologia do mundo, promovida pela Microsoft. Elas disputam uma vaga para representar o país na etapa mundial da competição, em Seattle (EUA), que vai premiar o melhor projeto inovador com um prêmio de 50 mil dólares e mentoria de grandes nomes da área.

Em sua 14ª edição, a Imagine Cup teve 245 projetos inscritos somente no Brasil. Todos eles foram avaliados por uma equipe de especialistas, que escolheu os três melhores em cada uma das categorias participantes: game, inovação e cidadania. No total, são nove ideias para melhorar o mundo a partir da tecnologia, que irão concorrer à vaga brasileira para enfrentar os demais projetos de todo o mundo pelo troféu da competição.

Este ano, a etapa brasileira acontece em Belo Horizonte, a partir de uma parceria entre a Microsoft e a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação de Minas Gerais (Sectes). As equipes competidoras participarão de uma programação de visitas e imersão ao cenário mineiro de inovação, e, em seguida, apresentam seus projetos para uma banca julgadora, que anuncia o finalista de cada categoria no dia 28 de abril, em evento na Cidade Administrativa.

Inscrições
O evento que vai anunciar o projeto escolhido para representar o Brasil na final mundial é aberto ao público e acontece no dia 28 de abril, às 13h, no Auditório JK da Cidade Administrativa Tancredo Neves. Clique aqui para fazer sua inscrição.

Para quem não conseguir realizar a inscrição, fique tranquilo, o evento será transmitido em tempo real, aqui, pelo portal Simi.

Conheça as equipes brasileiras finalistas da Imagine Cup:

Categoria Games


Time: Crabwave
Projeto: Buns Game (Pernambuco)
Estudantes da Escola Técnica ETEPAM, de Recife, desenvolveram o Buns Game, um jogo para smartphones e tablets criado para jogadores de todas as idades, nas categorias ação e árcade. O jogo tem como objetivo ajudar o personagem a pegar o ônibus e foi criado pelos alunos Johnny Herbert do curso de Manutenção e Suporte em Informática, Paula Soares do curso de Comunicação Visual e Jonathan Barreto, ex-aluno de Design de Interiores e Graduando de Administração na UFPE.


Time: Team Barusu
Projeto: Do a Barrel Throw (São Paulo)
Um jogo divertido e desafiador, em que a personagem russa lança barris para saltar mais alto e vencer obstáculos. O projeto é da equipe Barusu, da UNESP Bauru, composta por Raissa Rodrigues, Victor Cardoso, Alessandra Sasaki e Gabriel Soares, auxiliados pelo mentor Eduardo Martins Morgado.


Time: Tower Up
Projeto: Sonho de Jequi (Minas Gerais)
Neste jogo, o personagem Jequi passa por um percurso com o objetivo de coletar água, com imagens em aquarela e trilha sonora de artistas do Vale do Jequitinhonha. Desenvolvido por alunos da PUC Minas, o game mostra a realidade do Vale e permite que os jogadores façam doações para ajudar a população impactada pela seca do norte do estado. A equipe Tower Up é composta por Alessandra Faria de Castro, Érico Grasso, Ramon Coelho de Souza e Daniel Sanabria.

Categoria Inovação 

Time: Echo Sense Team
Projeto: Echo Sense (Rio Grande do Sul)
O Echo Sense é um dispositivo criado com sensores ultrassônicos e motores de vibração para ajudar deficientes visuais a identificarem a distância até um objeto. O projeto foi criado pelos alunos Ricardo Sabedra (UFRGS) e Witallo Oliveira, com apoio do Centro de Inovação Microsoft-PUCRS.

Time:Dreampper
Projeto: Dreampper (São Paulo)
Felipe Santana, Danilo Sette e Tiago Cazali Magalhães, da Universidade de Taubaté, criaram uma nova rede social inovadora. Ela permite que os usuários compartilhem fotos e momentos com amigos, e troquem experiências sobre séries, filmes, jogos e livros. O projeto também conta com uma ferramenta diferente para criar anúncios em redes sociais.

Time: WIT Box
Projeto: Vehicular Black Box (Santa Catarina)
Com o objetivo de ajudar na reconstituição de acidentes de automóveis, o projeto dos alunos da UNISOCIESC, de Joinville, auxilia na obtenção de evidências e tem potencial para promover novos produtos na área de seguros. A ideia foi desenvolvida por Lucas Casagrande, Alexandre Viebrantz e Eduardo Garcia.

Categoria Cidadania 

Time: Team Bridge
Projeto: Bridge (São Paulo)
O Team Bridge, formado por Lucas Magon, Talita Dias e pelo professor Luciano Araújo da Universidade de São Paulo-EACH-USP, criou uma plataforma para crianças com limitações cognitivas e motoras, como paralisia cerebral e distrofia muscular. O projeto ajuda os pacientes a realizarem pequenos movimentos e fisioterapia por meio de jogos adaptados e diversão.

Time: AppDemia Team
Projeto: AppDemia (Espírito Santo)
Voltado para a área da saúde, o aplicativo criado por estudantes de Vitória permite que qualquer pessoa registre sintomas e diagnósticos de doenças. A ferramenta mapeia focos de doenças e a possibilidade de surtos, facilitando o acesso da informação pelos profissionais de saúde, órgãos governamentais e população. Os participantes da equipe são Henrique Casagrande, Lucas Pena e Vinicius da Cruz Maia.

Time: Project_omni
Projeto: Omni (Santa Catarina)
Os estudantes Cezar Antunes e Luis Felipe Grossl, também de Joinville, desenvolveram um dispositivo para a área de educação. Voltado para a Internet das Coisas (IoT), ele disponibiliza aulas interativas em salas de aula de escolas que não possuem acesso à internet, ajudando professores a programar e a transformar suas atividades.

 Favoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.