Notícias

< voltar
21/Jan/2019 - 09:48 - Atualizado em 21/Jan/2019 - 09:57

Empresária mineira dedica seu tempo a ajudar startups

Mônica Hauck, fundadora da Solides, dá sessões de consultorias e retribui o apoio que teve de mentores


Por Redação Belo Horizonte/MG
Fundadora da Solides, Mônica Hauck, auxilia no desenvolvimento de novas startups
Crédito: Divulgação

Estar à frente de uma grande empresa requer muito trabalho e dedicação. Mas a sócia-fundadora da Solides, empresa de tecnologia que desenvolve softwares de RH, Mônica Hauck, de 29 anos, tira um pouquinho do seu tempo para auxiliar empreendedores.

Desde o início de 2018, a empreendedora passou a prestar mentorias formalmente. “Auxilio sobretudo em temas como gestão de times e montagem de equipes comerciais. Quando se trata de uma startup, as dúvidas mais comuns são sobre contratações. À medida que a empresa cresce, questões como planos de carreira viram prioridade”, disse em entrevista à Revista PEGN.

Mônica atua em programas de aceleração da capital mineira, como o Seed e o Acelera. O trabalho de mentoria varia, mas em alguns casos soma algumas horas. Segundo a empreendedora, uma boa mentoria ajuda a economizar tempo e dinheiro e é uma grande necessidade do setor.

E disso ela entende. A Solides, desde 2014, passou por diferentes programas de mentoria da Endeavor e atualmente é uma das empresas que compõem o programa Scale-Up. “A mentoria me auxiliou em momentos cruciais da Solides, como a tomada de decisão sobre ter ou não ter um investidor e até uma decisão estratégica de reposicionamento de mercado”, disse.

Mônica garante que as mentorias transformaram a empresa. Se antes o faturamento da Solides não passava de 20%, nos últimos dois anos cresceu 200% ao ano. “Por isso, faço questão de devolver essa ajuda à comunidade”, contou.

#empreendedorismo#inovação#mentoria#startups#negóciosFavoritar

Fonte: Revista PEGN

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.