Notícias

< voltar
22/Dez/2017 - 08:00 - Atualizado em 22/Dez/2017 - 10:04

Jovens americanas criam canudo que detecta drogas em bebidas

Inovação facilita a identificação de substâncias em líquidos e pode ajudar a evitar casos de estupro


Por Redação

Muitos casos de estupro começam em um bar, com a oferta de um drink de um desconhecido. Drogas ou outras substâncias colocadas na bebida fazem com as que as vítimas percam a consciência e fiquem vulneráveis.

Diante desse cenário, três jovens alunas de uma escola de Miami, nos EUA, desenvolveram uma solução simples que ajuda a combater esse tipo de crime. Victoria Roca, Susan Cappello e Carolina Baigorri criaram um canudo que reage à presença das drogas na bebida.

A ideia é ajudar as pessoas a perceberem a bebida adulterada antes de ingeri-la. A ponta do canudo muda de cor, de branco para azul intenso, ao detectar tipos de anfetaminas, soníferos e anestésicos em bebidas, sejam elas alcoólicas ou não. “Sabemos que não é uma solução, pois não acaba com o estupro, mas esperamos que diminua a incidência e também de situações perigosas que se pode passar por conta dessas drogas”, diz Baigorri.

A patente está sendo realizada e as jovens pretendem criar uma campanha de financiamento coletivo para fabricar o canudo.

#inovação#tecnologia#segurançaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.