Notícias

< voltar
23/Out/2018 - 17:28 - Atualizado em 23/Out/2018 - 17:50

Mineiros criam soluções para a Nasa durante competição em BH

Hackathon foi realizado nos dias 19 e 21 deste mês, no Raja Valley


Por Pedro Matos/SIMI Belo Horizonte/MG
Participantes tiveram acesso a dados da Agência Espacial Americana
Crédito: Raja Valley/Divulgação

Entre os dias 19 e 21 deste mês, Belo Horizonte sediou o NASA Space Apps Challenge, um hackathon que desafiou equipes a desenvolverem soluções para problemas reais da agência espacial americana. Ao todo, 82 participantes, divididos em 18 equipes, participaram da competição, realizada no Raja Valley.

A equipe Body Fuel foi eleita a campeã ao idealizar uma solução de alimento em pó para astronautas em missões espaciais. Entre os cinco integrantes da Body Fuel, estavam Pedro Parreiras e Bruno Moniz, alunos do segundo ano da Escola do Sebrae.

“Tivemos acesso a dados da NASA e descobrimos que os astronautas enfrentam diversos problemas de deficiência nutricional, perda muscular e perda óssea. A partir daí pensamos em desenvolver um alimento em pó rico em nutrientes, natural e sem conservantes, que pudesse sustentar melhor os astronautas no espaço e suprir essas deficiências”, explicam os jovens.

Veja também: Confira 10 imagens da NASA que farão você viajar pelo Universo

Equipe Body Fuel foi a vencedora do hackathon
Crédito: Escola do Sebrae/Divulgação

A segunda colocação ficou com a equipe My little Hubble, que criou um aplicativo educacional para crianças de 3 a 7 anos. No app, cada usuário deve montar um foguete para ir ao espaço, enquanto aprende conteúdos de ciência por meio de imagens do telescópio espacial Hubble.  

A startup Os Marcianos ficou em terceiro lugar ao elaborar uma roupa à base de espuma de metal capaz de proteger os humanos da radiação em Marte, possibilitando a sobrevivência no planeta.

O NASA Space Apps Challenge é uma competição internacional realizada simultaneamente em várias cidades do mundo. Em 48 horas, os participantes recebem desafios reais desenvolvidos pela Agência Espacial Americana e devem criar soluções dentro do tema escolhido, ou em temas diversos, na categoria “Free Style”.

As três equipes foram premiadas com quatro meses de espaço de trabalho compartilhado (coworking) no Raja Valley, 50% de bolsa para a aceleração do Founder Institute em BH e vão concorrer com as vencedoras da competição em outros países a uma visita ao Nasa Kennedy Space Center, na Flórida, nos EUA.

#inovação#competiçãoFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.