Notícias

< voltar
04/Nov/2016 - 08:00 - Atualizado em 10/Mai/2018 - 15:58

Ministro defende parceria com a França para estimular investimentos em inovação

Parceria entre Brasil e França visa estimular os investimentos em inovação pelo governo e empresas


Por Redação
Crédito: Agência Brasil


O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, defendeu, durante o 8º Fórum de Inovação e Tecnologia, a parceria entre Brasil e França para estimular os investimentos em inovação pelo governo e empresas. "Fóruns como esse nos dão o alento de que precisamos em um momento de saída de crise", disse.

"São oportunidades para incentivar a ação de companhias francesas no Brasil, assim como de empresas brasileiras na França. Precisamos valorizar, em especial, os investimentos focados em inovação, para expressar a nossa vontade de consolidar nossos laços e apoiar as nossas parcerias, para que criemos condições para que elas se consolidem e cresçam", acrescentou.

Kassab manifestou ao embaixador da França no Brasil, Laurent Bili, e ao presidente da CCFB, Roland de Bonadona, a disposição de intensificar as parcerias em ciência e tecnologia. Já o embaixador convidou empreendedores a participar da terceira temporada do programa French Tech Ticket, cujo processo seletivo será aberto em janeiro de 2017.

"Incentivo desde já todos os jovens empresários do país a se candidatarem a se beneficiar dessa oportunidade de conviver, na França, com startups do mundo todo", afirmou Bili. "Desejamos que um número cada vez maior de empresas brasileiras escolha a França ao se instalar na Europa."

Criado há três anos pelo governo francês, o French Tech Ticket é um ecossistema de startups com objetivo de fornecer condições para empresas nascentes de base tecnológica se tornarem campeãs globais. Na última edição, o programa selecionou 70 equipes, que serão aceleradas por mais de 40 incubadoras europeias a partir de janeiro de 2017, por um período de 12 meses.

 

#inovação#brasil#mctic#frança#parceriaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.