Notícias

< voltar
24/Ago/2018 - 08:00 - Atualizado em 23/Ago/2018 - 12:00

Rastreabilidade de produtos ganha espaço no agronegócio

Startup conta com aplicativo que registra dados detalhados para controle de toda a cadeia produtiva no campo


Por Redação Belo Horizonte/MG

A rastreabilidade de produtos vem ganhando força nos últimos anos. A tecnologia é uma opção para quem deseja fidelizar o consumidor a partir da disponibilização de informações. No meio rural, a rastreabilidade de alimentos chama a atenção de produtores que buscam fornecer dados sobre a forma com que os produtos chegam às residências.

A startup O Agro, por exemplo, desenvolveu um aplicativo chamado Sementes Rastreadas. A aplicação é uma solução online que registra dados detalhados para controle de toda a cadeia produtiva, desde os campos de produção, passando pela Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS) até a comercialização.

Segundo Alexandre Gazolla, engenheiro agrônomo e fundador da startup, a rastreabilidade é um processo relevante para o agro. “A tecnologia pode proporcionar, aos produtores de sementes e agricultores, maior controle sobre as etapas de produção, garantindo qualidade e reduzindo custos”, explicou.

O aplicativo economiza tempo e mão de obra, substituindo o processo, que até então era feito por meio de planilhas. Responsáveis técnicos das empresas produtores de sementes registram informações detalhadas sobre o manejo direto no app, destacando aplicações de produtos e vistorias técnicas com índices e fotos. Na UBS, a ferramenta aperfeiçoa o controle da recepção das cargas, estoque, transferências e criações de lotes de beneficiamento e embalo.

O relatório de todas as informações rastreadas fica disponível no site da empresa produtora de semente e pode ser acessado pelo agricultor por meio de um código de barras 2D, localizado no rótulo de cada embalagem. O usuário ainda consegue encontrar os dados detalhados da cultura, localização e extensão do campo de produção, resultados de qualidade do lote de sementes, entre outras informações.

#tecnologia#startup#negócios#agronegócio#campoFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.