Notícias

< voltar
21/Nov/2018 - 16:27 - Atualizado em 23/Nov/2018 - 09:45

Solução que vem da fazenda reduz a conta de energia em 15% para o consumidor

Startup mineira desenvolve solução para incluir energia gerada pelo biogás na rede elétrica da Cemig e gerar benefício direto para a população


Por Alysson Lisboa
Metha Energia está sendo acelerada no Seed, em BH
Divulgação

Você está acostumado a relacionar energia a grandes usinas hidrelétricas que causam forte impacto ambiental, correto? Mas já imaginou que a energia derivada dos dejetos dos animais na suinocultura podem também gerar energia? E o melhor, trazer economia de 15% na sua conta de luz?

Pois é. Essa novidade está dando o que falar. A startup mineira Metha Energia teve uma ideia simples e ao mesmo tempo eficiente para transformar o material antes descartado e poluente nas fazendas em microgeradores de energia.

A ideia surgiu em 2016 quando Daniel Fraga, estudante de engenharia de controle de automação, e Diego Lopes, estudante de agronomia da UFMG, conversaram sobre o tema. A dúvida era: por que pagamos energia tão cara no Brasil? Por que tenho que abrir mão de usar aparelhos como ar-condicionado ou máquina de lavar louça para reduzir minha conta de energia?

Durante essa inquietação os dois empreendedores conheceram Gabriela Laguardia, que contou da ideia aos seus professores do Cefet-MG. "Queremos transformar os dejetos gerados na pecuária suína em energia e inseri-la na rede da companhia de energia. Isso é possível? Com o sinal verde do ponto de vista técnico chancelada pelos professores e com a ajuda de de Victor Soares, que veio compor o time, eles criaram a Metha Energia.

Travados por questões legislativas, somente este ano conseguiram começar a operar. Em um mês, já têm 150 clientes e a certeza de que estão no caminho certo. Victor, hoje com 24 anos, é cofundador da empresa e não esconde a satisfação de conseguir gerar impacto e tanta aderência dos clientes em tão pouco tempo.

O grupo participou e foi destaque da nona rodada do programa de pré-aceleração Lemonade e atualmente está sendo acelerado na quinta rodada do Seed - Programa de Aceleração de Startups do Governo de  Minas Gerais.

Time da Metha: inovação no setor elétrico com foco no consumidor
Metha Energia/Divulgação

Biogás convertido em energia

O biogás é uma fonte de energia renovável que geralmente é descartada na atmosfera. A ideia então foi aproveitar essa energia, ligar nas linhas de transmissão da Cemig e, com isso, conseguir tanto renda para o produtor como desconto para o consumidor final. A companhia de energia também ganha sem a necessidade de fazer qualquer investimento no negócio. “É um modelo de negócio baseado no ganha-ganha”, completa Victor.

Como funciona o serviço

1) A Metha Energia busca os fornecedores e fecha parcerias com quem gera energia em excesso.

2) Ao injetar a energia na rede da companhia, os fornecedores recebem créditos.

3) A Metha compra os créditos e distribui entre os clientes em forma de planos de desconto.

4) Ao aderir ao serviço, o consumidor continua recebendo energia da companhia elétrica normalmente.

5) Ele passa a pagar não mais a fatura da Cemig e sim da Metha Energia, que descreve os valores consumidos e o desconto de 15%.

Esse modelo de geração de energia, conhecida como geração distribuída, tem menos perda se comparada com o modal atual de geração e distribuição adotado no Brasil. A meta da empresa é ambiciosa: quer alcançar mil clientes até o final do ano e causar impacto em 40 mil pessoas. Para esse time o que não falta é energia, você tem alguma dúvida?

Para saber mais sobre o serviço da Metha Energia, acesse: www.methaenergia.com.br

#cemig#biogas#methaFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.