Notícias

< voltar
28/Dez/2017 - 08:00 - Atualizado em 26/Dez/2017 - 15:00

Startup incentiva doação de medicamentos por meio de aplicativo

Pessoas podem doar por meio do app da Farmácia do Bem


Por Redação
Crédito: Pixaby

Com o objetivo de recolher medicamentos que não são mais usados e que estão dentro do prazo de validade e doar gratuitamente para quem precisa desse medicamento, a startup Farmácia do Bem, de Sete Lagoas (MG) tem se destacado, cada vez mais, no ecossistema mineiro.

Segundo o idealizador do negócio, Marcelo Abreu, a ideia é que por meio do aplicativo os usuários possam se cadastrar para receber o medicamento.“São diversos pontos de coletas que receberão os remédios que serão recolhidos pela Farmácia do Bem, triados e avaliados por um farmacêutico. Os usuários terão acesso aos medicamentos que estão no estoque e com posse de uma receita médica poderão solicitar o medicamento”, explica. Já o doador não precisa se cadastrar.

Além dos vários pontos de coletas espalhados, a Farmácia do Bem, em parceria com o aplicativo 7Food e mais sete restaurantes, vão promover o “reverse delivery”. “O cliente que fizer qualquer pedido em um dos restaurantes parceiros poderá aproveitar a ida do motociclista da empresa na hora da entrega e doar um medicamento, que será depositado na coleta do restaurante. Assim conseguimos mais uma forma para que a pessoa faça a doação”, explica Abreu.

O grupo tem uma grande expectativa e enquanto o aplicativo não fica disponível, Marcelo já oferece seu consultório como um posto de coleta e também se dispõe a buscar a doação. “A pessoa pode deixar na clínica ou entrar na página da Farmácia do Bem e solicitar que busquemos.”

Todo o processo realizado pela Farmácia do Bem tem como característica principal a economia compartilhada, evitando o descarte incorreto e o desperdício do medicamento.

Mais informações: Facebook.com/farmaciadobem ou no consultório de Marcelo Abreu, Avenida Getúlio Vargas, 315 - 2º andar.

#saúde#medicamentos#farmáciadobem#doaçãodemedicamentosFavoritar

Fonte: Sete Dias

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.