Notícias

< voltar
28/Mar/2019 - 00:00 - Atualizado em 28/Mar/2019 - 09:22

UFMG sedia painéis do seminário sobre segurança de barragens de rejeitos

O objetivo do encontro é propor soluções para minimizar os impactos da presença de barragens de rejeitos na paisagem social e ambiental do país


Por Redação Belo Horizonte

Com o objetivo de propor soluções para minimizar os impactos da presença de barragens de rejeitos na paisagem social e ambiental do país, a Academia Brasileira de Ciências (ABC) e a Academia Nacional de Engenharia (ANE) promovem, nos dias 1º e 2 de abril, o Seminário sobre Segurança de Barragens de Rejeitos. No primeiro dia, o evento será realizado na sede da ABC, no Rio de Janeiro. A segunda etapa, no dia 2 de abril, será sediada pela UFMG, no auditório da Escola de Engenharia, no campus Pampulha. O seminário é aberto ao público e as inscrições são gratuitas.

Haverá transmissão ao vivo. No primeiro dia, na página da ABC no Facebook e, no segundo, no canal do YouTube da Coordenadoria de Assuntos Comunitários (CAC) da UFMG.

A programação inclui seis painéis nos quais serão discutidos temas como barragens, segurança e alternativas, ambiente em foco, desastre e a perspectiva humana e um olhar para o futuro.


Discussão transdisciplinar

Na UFMG, o seminário será coordenado pela professora Virgínia Ciminelli, do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais. “Pretendemos destacar a natureza transdisciplinar do problema, nas interfaces entre ciências da engenharia, ciências sociais e ciências da vida, colaborar com a compreensão de questões tão complexas e estimular o engajamento de todas as partes interessadas” analisa. “Queremos contribuir para a elaboração de propostas para evitar novos desastres e minimizar os impactos para as comunidades atingidas ou em risco”, completa a professora.

A pró-reitora de extensão da UFMG, Claudia Mayorga, representante do Programa Participa UFMG será relatora do painel Desastre e a perspectiva humana. Segundo Mayorga “um princípio do Participa é incentivar atividades comprometidas com a ética e com os direitos humanos da população atingida e infelizmente o conhecimento na universidade muitas vezes segue separando questões técnicas de questões humanas e ambientais”. 

No dia 1º, a programação que acontece no Rio de Janeiro será coordenada pelo professor Edson Watanabe, do Programa de EngenhariaElétrica da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O foco recairá sobre os aspectos relacionados à engenharia, segurança, legislação e fiscalização. Estarão presentes, o presidente da ABC, Luiz Davidovich; o presidente da ANE, Francis Bogossian; e Alexandre Vidigal de Oliveira, Secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do MME.

No segundo dia, em Belo Horizonte, a discussão versará sobre os impactos socioeconômicos e ambientais para as comunidades que vivem no entorno das barragens. Além dos presidentes da ABC e da ANE, a reitora da UFMG, Sandra Regina Goulart Almeida, também participará do evento. 

O Seminário sobre Segurança de Barragens de Rejeitos é uma parceria da ABC, ANE, Ministério de Minas e Energia (MME) e da UFMG, com apoio da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia(Coppe/UFRJ) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC).

#ufmg#evento#seminário#mariana#barragem#Brumadinho#rejeitosFavoritar

Fonte: UFMG

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.