Notícias

< voltar
24/Jan/2018 - 10:20 - Atualizado em 24/Jan/2018 - 10:59

Aceleradora vai investir em projetos contra o envelhecimento humano

Y Combinator poderá investir até US$ 1 milhão em ideias radicais para que as pessoas vivam por mais tempo e de maneira mais saudável


Por Redação

Ajudar as pessoas a viver de forma mais saudável e por mais tempo é o novo foco da aceleradora de startups Y Combinator, do Vale do Silício, nos Estados Unidos. A empresa emitiu um chamado convocando projetos que visem aumentar a longevidade humana e poderá investir até US$ 1 milhão nas iniciativas selecionadas.

Nos últimos anos, o Vale do Silício apoiou diversos projetos voltados para o antienvelhecimento, como a criação de novos órgãos a partir do seu próprio DNA e a inserção de sangue e células-tronco novas em corpos mais velhos. A aceleradora deixa claro que o foco nas pesquisas contra o envelhecimento não tem o objetivo de buscar a vida eterna. Trata-se de buscar formas de viver por mais tempo de maneira saudável.

A Y Combinator não é a única aceleradora do Vale do Silício a investir nas ciências da vida. No mês passado, Andreessen Horowitz anunciou um investimento de US$ 450 milhões na intersecção de biologia e engenharia. A Y Combinator começou a assumir empresas de biologia em 2014, mas essa é sua primeira chamada dedicada a empresas de biotecnologia.

Os sócios da aceleradora afirmam que o desenvolvimento científico e a redução dos custos das pesquisas científicas motivaram o investimento. A Y Combinator dará prioridade a empresas com ideias radicais para tratar o envelhecimento e também novas abordagens em tratamentos para doenças como o Alzheimer.

#inovação#tecnologia#saúde#idoso#YCFavoritar

Fonte: Gizmodo

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.