Notícias

< voltar
15/Nov/2017 - 00:00 - Atualizado em 16/Nov/2017 - 07:31

Apps querem reduzir desperdício de comida

Food For All e o Too Good To Go têm propostas vantajosas para consumidores e restaurantes


Por Redação Belo Horizonte

O desperdício de comida é um grande problema, tanto para os restaurantes quanto para o meio ambiente. Trabalhando em busca de uma solução, dois aplicativos inovadores ajudam restaurantes a venderem restos de comida que estejam em boa qualidade por um preço bem abaixo do comum.

O Food For All e o Too Good To Go ainda não estão disponíveis no Brasil, mas têm uma proposta bem interessante para consumidores e estabelecimentos.

O Food For All é um projeto em fase de testes que teve início em Cambridge, nos Estados Unidos. O app tem parceria com 30 restaurantes da região e oferece descontos de até 80% em refeições. Dessa forma, além de oferecer oportunidades de economia para consumidores, o aplicativo ajuda a evitar que alimentos saudáveis sejam descartados em estabelecimentos.

A startup realizou ainda uma bem-sucedida campanha de crowdfunding, na plataforma Kickstarter. O Food For All reuniu fundos para sua expansão e em julho deste ano começou a atuar também em Boston e Nova York.

O Too Good To Go, por outro lado, nasceu na Dinamarca, mas tem uma lógica parecida com o app americano. A ideia é conectar restaurantes e pessoas que gostariam de comprar estas “sobras” por um preço abaixo do praticado no local. Ao realizar o pedido pela plataforma, os consumidores devem se dirigir ao restaurante para buscar as refeições, que são servidas em recipientes sustentáveis produzidos com cana-de-açúcar.

Além de funcionar na Dinamarca, o aplicativo atua no Reino Unido, França, Noruega, Alemanha e Suíça. A equipe do aplicativo faz questão de reforçar que o objetivo não é fazer dinheiro, mas evitar que o destino final de toneladas de alimentos ainda próprios para consumo seja o lixo. E quem compra ainda pode fazer uma doação, que será revertida em uma refeição para quem não puder pagar.

Veja também: UFMG desenvolve alimento para combater subnutrição

#tecnologia#sustentabilidade#startup#fome#mundoFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.