Notícias

< voltar
08/Fev/2017 - 14:57 - Atualizado em 08/Fev/2017 - 16:58

Bitcoin completa 8 anos e ganha adeptos no Brasil

Moeda virtual movimentou R$ 1,4 bilhão em 2016 e cresce exponencialmente no Brasil


Por Alysson Lisboa/SIMI Belo Horizonte

IMG_0360
Bernardo Faria, vice-presidente da Fox Bit, empresa que comercializa bitcoin no Brasil
Crédito: Divulgação

Uma moeda sem banco, atravessadores e taxas muito baixas. Essa é a proposta da moeda virtual Bitcoin, que completa oito anos esse mês e ganha cada vez mais adesão do comércio e dos consumidores.

As transações são 100% digitais e podem ser realizadas por qualquer pessoa ao redor do mundo. Cafeterias, coworkings e lojas já aceitam a moeda em seus estabelecimentos, mas será que é confiável e segura? Para Bernardo Faria, vice-presidente da Fox Bit, plataforma que comercializa a moeda no Brasil, a plataforma não estimula o uso criminoso para transações ilegais, os bancos oficiais também podem ser usados para lavagem de dinheiro. Os dados na plataforma são sigilosos e criptografados.

O propósito do bitcoin é tornar as coisas mais simples e permitir transações rápidas. “Nos Estados Unidos, 45 mil e-commerces já aceitam o Bitcoin nas transações”, afirma Bernardo.

“O fortalecimento da moeda acontece a partir do momento que as pessoas começam a utilizar mais. O número de pessoas e empresas que estão aderindo ao Bitcoin cresce exponencialmente no Brasil a cada ano." Veja infográfico

bitcoin (1)

Leia também:

Startup cria caixa eletrônico para startups

Falta de regulamentação gera insegurança

#bitcoin#foxbit#moedavirtualFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.