Notícias

< voltar
07/Jun/2017 - 11:27 - Atualizado em 07/Jun/2017 - 11:55

Canadá abre as portas para empreendedores brasileiros

Comitiva canadense apresentou estrutura, benefícios e apoio que o país oferece para internacionalizar seu negócio


Por Renato Carvalho/SIMI Belo Horizonte
Cônsul geral do Canadá no Brasil, Evelyne Coulombe, disse que o país está aberto à inovação
Crédito: Renato Carvalho/SIMI

O BH-TEC recebeu nessa terça-feira, 6, uma comitiva canadense com o embaixador, o cônsul e representantes da Câmara de Comércio Brasil-Canadá. O encontro teve como objetivo apresentar o país como uma oportunidade para empreendedores brasileiros.

Além de apresentar características climáticas, geográficas, populacionais, as palestras trouxeram informações sobre as vantagens que o país oferece para empreendedores. Conhecido por ser aberto à imigração, o Canadá conta com alguns programas de incentivo para trabalhar por lá.

“Temos um clima político estável, uma economia com uma boa performance, que é a mais alta dos países do G7. Temos um sistema de educação muito bom, um país multicultural, onde se fala mais de 200 idiomas. É um país que tem vários acordos de livre comércio com vários outros países. Então o Canadá é uma plataforma para uma empresa brasileira que quer se internacionalizar”, explicou a cônsul geral do Canadá no Brasil, Evelyne Coulombe.

“Não queremos que empreendedores encerrem seus negócios no Brasil. Pelo contrário, para crescer ainda mais em seu país e melhorar sua competitividade, o Canadá pode ser um grande parceiro.” Riccardo Savone, embaixador do Canadá no Brasil

O país, segundo ela, está aberto a todos os setores e tem muito interesse em todos os temas relacionados à inovação. “Temos um programa de delegados comerciais que podem ajudar a orientar os brasileiros que querem se instalar no Canadá. Temos escritório em BH, consulado no Rio e SP, escritório em Porto Alegre e Recife. Lá eles são orientados“, apontou.

Canadenses e brasileiros apresentaram os benefícios, desafios e incentivos para empreender no Canadá
Crédito: Renato Carvalho/SIMI

Para fazer essa conexão entre empreendedores brasileiros e canadenses, a Câmara de Comércio Brasil-Canadá está aberta para ajudar. O diretor de Relações Institucionais, Paulo de Castro, acredita que é importante que as empresas busquem se internacionalizar.

“É um movimento natural quando se pensa que o mundo está cada vez mais globalizado. O mercado não tem fronteiras e a gente vê que dentro desse cenário o Canadá é uma boa opção por ter um ambiente de inovação já propício e ter condições estruturais, tanto em termo de mão de obra, de interesse de consumo e até de incentivos fiscais para quem quer se instalar lá”, disse o diretor.

O embaixador do Canadá no Brasil, Riccardo Savone, reforçou a importância de as empresas buscarem a internacionalização. “Não queremos que empreendedores encerrem seus negócios no Brasil. Pelo contrário, para crescer ainda mais em seu país e melhorar sua competitividade, o Canadá pode ser um grande parceiro”, enfatizou.

Riccardo Savone, embaixador, afirmou que a globalização pode mudar um negócio
Crédito: Renato Carvalho/SIMI

Case

Para reforçar a oportunidade, o CEO da Eteg Technology, Rafael Rodrigues de Paiva, apresentou pontos que foram determinantes para a empresa levar seus negócios para o Canadá. Segundo ele, três pontos foram determinantes: a abertura que o país dá, a atratividade e, por fim, a estrutura para negócios que o Canadá oferece.

#empreendedorismo#startups#negócios#internacionalizaçãoFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.