Notícias

< voltar
02/Nov/2017 - 17:57 - Atualizado em 02/Nov/2017 - 18:43

Conferência fortalece mulheres no empreendedorismo tecnológico

Durante três dias, mulheres empreendedoras envolvidas no ecossistema de startups estão reunidas na FINIT


Por Paula Isis/SIMI Belo Horizonte
Crédito: Fábio Veloso/SIMI

Uma conferência, com três dias de duração, dedicada às mulheres empreendedoras ou que desejam empreender em negócios tecnológicos. Esse é o objetivo da Conferência She’s Tech que teve início hoje, 2 de novembro, e vai até sábado, na FINIT.

Com o objetivo de inspirar, engajar e capacitar mulheres a buscarem conhecimento e empreenderem em carreiras e em negócios com base tecnológica, a conferência traz uma programação recheada de painéis com mulheres poderosas que estão fazendo a diferença no setor.

Na parte da manhã, workshops e palestras agitaram o evento, realizado na Arena de Negócios. Na parte da tarde, foi a vez das comunidades lideradas por mulheres entrarem em pauta.

O painel Women Community Summit reuniu mulheres que estão à frente de comunidade empreendedoras de todo o Brasil. Na ocasião, compartilharam suas experiências no setor de tecnologia e o desafios do mesmo pela desigualdade de gênero.

Para a mineira de Itabirito, Dany Carvalho, um dos segredos para fortalecer as comunidades lideradas por mulher é o face to face. “Conheçam as pessoas além dos cargos que elas ocupam. Só assim conseguiremos nos fortalecer e compartilhar experiências, conhecimentos”, enfatiza a community manager do coworking CUBO, do Itaú.

Compartilhando da mesma opinião, Aline Carvalho, embaixadora da Campus Party, afirma que aos poucos, a partir da união dessas mulheres, o cenário tem mudado. “Ano passado, em Recife, pela primeira vez, o número de palestrantes mulheres no evento foi maior que o de homens. Além disso, este ano em São Paulo, 40% do público da Campus era feminino”, comemora.

Segundo Dany Carvalho, é preciso continuar fortalecendo as comunidades. Mas indagada sobre como o caminho deve ser percorrido, a community manager explica que não existe uma receita. “É preciso conhecer o contexto no qual a comunidade está inserida e, a partir daí, criar conexões para que as ações sejam compartilhadas e ganhem mais representatividade.”

Ficou interessado em participar da She’s Tech Conference? Acesse o site da FINIT e saiba como. Lembrando que a conferência vai até sábado, 4 de novembro.

#campusparty#shestechFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.