Notícias

< voltar
10/Jul/2017 - 00:00 - Atualizado em 10/Jul/2017 - 11:19

Governo de Minas oferece quase 800 vagas de cursos para o ensino técnico

Em parceria com a SEE, interessados podem se inscrever até 17 de julho; confira os cursos disponíveis


Por Franco Serrano/SIMI Belo Horizonte

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Educação (SEE), publicou um novo edital de oferta de vagas para cursos técnicos gratuitos pelo programa Mediotec/Pronatec, do Ministério da Educação (MEC), desta vez em instituições privadas de ensino. As inscrições são gratuitas e as aulas devem ocorrer de forma concomitante ao ensino médio regular.

As vagas são direcionadas a alunos matriculados no ensino médio da rede pública. As inscrições podem ser feitas até segunda-feira, 17 de julho.

Para se inscrever, os candidatos devem ler o edital e preencher o formulário disponível neste link. O candidato que não tiver acesso à internet poderá realizar sua inscrição em computadores disponibilizados pelas unidades de ensino ofertantes.

Mais de 700 vagas abertas

Entre as 791 vagas ofertadas, 65% serão destinadas a jovens de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, matriculados no ensino médio; 10% destinadas aos jovens com deficiências e para aqueles em medidas protetivas e socioeducativas; e 25% destinadas à ampla concorrência. Os alunos selecionados para os cursos técnicos na forma concomitante receberão auxílio-transporte e alimentação pelo programa Mediotec.

Cursos ofertados

São ofertados cursos técnicos em Enfermagem, Mineração, Açúcar a Álcool, Eletrônica, Edificações, Eletromecânica, Química, Saúde Bucal, Segurança do Trabalho, Eletrotécnica e Mecânica. As vagas estão distribuídas nos municípios de Belo Horizonte, Betim, Congonhas, Iturama, Montes Claros, Paracatu, Patos de Minas e Timóteo.

#biotecnologia##Empreendedorismo#pronatec#cursotecnicoFavoritar

Fonte: Agência Minas

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.