Notícias

< voltar
30/Nov/2017 - 08:00 - Atualizado em 30/Nov/2017 - 13:18

Itajubá é a cidade com maior eficiência em geração de startups do país

Dados fazem parte de um levantamento parcial realizado pela ABStartups e obtidos pelo Diário do Comércio


Por Redação Belo Horizonte
Crédito: INCIT

O ecossistema de startups mineiro é um dos mais fortes do Brasil. Essa realidade não se limita à capital e à região metropolitana. Itajubá, no Sul de Minas Gerais, também contribui, e muito, para o fortalecimento do Estado.

A cidade ocupa o primeiro lugar no ranking das 20 cidades com maior eficiência em geração de startups no país, segundo um levantamento parcial sobre o ambiente de startups no Brasil, realizado pela Associação Brasileira de Startups (ABStartups). Além de Itajubá, que tem vocação na pesquisa científica, outras cidades mineiras aparecem no ranking: Uberaba, em 6º lugar e Juiz de Fora, em 13º.

Os dados ainda não foram divulgados oficialmente, mas o Diário do Comércio publicou a informação obtida com o diretor-executivo do grupo Dínamo, Felipe Matos.

Já no ranking das 20 cidades em densidade de startups no Brasil - ou seja, número de empresas por habitantes, Itajubá aparece em 7º lugar. Uberlândia ocupa a 4ª posição, Belo Horizonte a 10ª e Uberaba a 17ª posição. A liderança ficou com Santa Catarina, com Florianópolis.

Entre estados

Os dados divulgados pelo Diário do Comércio comprovam a relevância mineira para a inovação no país. O estado ocupa o terceiro lugar no Top 10 estados em números de startups do Brasil, ficando atrás de São Paulo, em primeiro, e Santa Catarina, em segundo.

Minas ocupa, também, o terceiro lugar no ranking dos 10 estados em densidade de startups. O primeiro lugar é de Santa Catarina e o segundo o Distrito Federal. São Paulo ocupa a quarta posição.

#empreendedorismo#startups#ecossistema#ABStartupsFavoritar

Fonte: Diário do Comércio

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.