Notícias

< voltar
10/Ago/2017 - 12:28 - Atualizado em 10/Ago/2017 - 14:29

Startup ajuda passageiros que tiveram problemas com voos

NãoVoei.com ajuda a solucionar, por meio de acordos com companhias aéreas ou serviços jurídicos, problemas de atrasos e extravio de bagagens


Por Redação Belo Horizonte

É bastante comum sofrer problemas com atrasos, adiamentos ou cancelamentos de voos no Brasil. Mas o que pouca gente sabe é que a partir de uma hora de atraso é possível reivindicar assistência das companhias aéreas. Por outro lado, a burocracia e a falta de interesse das companhias aéreas na resolução do problema tornam essa busca pelos direitos mais complicada.

Pensando nisso, a startup NãoVoei.com lançou uma plataforma que busca reparar danos que passageiros sofreram por problemas nos voos, bagagem extraviada ou overbooking. Funciona da seguinte maneira: passageiros relatam seus casos por chat ou telefone e um especialista em reparação de danos coleta detalhes do ocorrido e valida se é passível ou não de indenização.

Caso seja possível, o especialista reúne a documentação necessária para buscar solução junto à empresa. Se não houver acordo, o caso é transferido à rede de prestadores de serviços jurídicos da empresa.

Cada caso demora de três a quatro meses para se solucionado e o valor das indenizações, em média, fica entre R$ 2 mil e R$ 8 mil, em casos de danos morais, além do ressarcimento de eventuais danos materiais que o passageiro tenha arcado.

A NãoVoei só cobra do usuário se houver alguma reparação de danos - uma taxa de 30% do valor recebido pelo passageiro. A empresa pretende chegar até o final de 2017 a meta é chegar aos R$ 300 mil de faturamento e R$ 1 milhão em indenizações.

#tecnologia##startup#nãovoei#viagens#atraso#passagemFavoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.