Notícias

< voltar
15/Mai/2018 - 14:56 - Atualizado em 15/Mai/2018 - 15:52

Você sabia que um composto químico ajudou na Independência do Brasil?

Propriedades do salitre foram apresentadas em palestra no Pint of Science 2018; apresentação teve demonstração de explosões produzidas pelo composto


Por Renato Carvalho/SIMI Belo Horizonte
Professores contaram, de forma bastante divertida e visual, a relação do salitre com a história
Crédito: Renato Carvalho/SIMI

Você sabia que a química tem uma relação direta com fatos históricos, como a Segunda Guerra Mundial e também a Independência do Brasil? Mais especificamente o salitre (KNO3), minerado em paredes de cavernas há muitos anos.

O composto químico foi tema de palestra no Pint of Science 2018, programa mundial de divulgação científica. Os professores Luciano Faria e Alfredo Mateus, demonstraram, divertidamente, como o salitre e a história se envolvem formando uma mistura explosiva.

GIFS: Renato Carvalho/SIMI

Formado em química, especialista em espeleologia, e com um projeto de doutorado focado na história das ciências em Minas Gerais, Luciano Faria explicou como o composto mudou a história brasileira. “O salitre, extraído no interior de cavernas que existem em abundância na bacia do rio São Francisco, aqui em Minas Gerais, foi um produto estratégico na produção da pólvora”, disse.

VEJA A PROGRAMAÇÃO DO PINT OF SCIENCE BH

Segundo ele, essa pólvora produzida a partir do composto minerado em cavernas garantiu a expulsão de alguns exércitos que estavam no Brasil e que tentavam manter a união do país com Portugal. “Foi essa pólvora que expulsou os exércitos do nosso território”. O composto também foi importante durante a Segunda Guerra Mundial, quando houve uma falta do produto no mundo, e a opção foi buscá-lo em minas do Brasil, Chile e outros países.

Enquanto Luciano trazia conceitos históricos, Alfredo Mateus, professor de química do Colégio Técnico da UFMG, fez experimentos para o público que ocupava as mesas do restaurante. A prática serviu para ajudar a entender a ciência por trás da combustão e das explosões. “Demonstrei algumas das propriedades do salitre, reproduzindo explosões e apresentando características do composto”, contou.

Uso atual

De acordo com Alfredo, atualmente o salitre é produzido sinteticamente em laboratórios. Hoje, é utilizado na agricultura, em fertilizantes usados principalmente em palmiteiras e coqueiros.

Além disso, o composto pode ser usado na alimentação. O nome salitre é aplicado aos sais nitrato de sódio ou o nitrato de potássio, produtos semelhantes ao sal de cozinha. O KNO3 é usado na indústria de alimentos para preservar a cor de carnes enlatadas, assim como impedir a propagação da bactéria causadora do botulismo. O consumo de alimentos contendo salitre provoca uma sensação maior de saciedade.

Veja mais fotos do Pint of Science 2018:

#tecnologia#ciência#Pint2018Favoritar

Comentários

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores, não serão aceitas mensagens com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Clique aqui para acessar a íntegra do documento que rege a política de comentários do site.